Sem Diego, Werder perde final da Uefa

O Werder Bremen não conseguiu superar a ausencia e dependencia do meia brasileiro Diego. Sem poder contar com seu camisa 10, o Werder acabou sendo derrotado pelo Shakthar Donestski da Ucrania na final da Copa da Uefa.

Mesmo sem Diego o time comandado por Thomas Schaff foi superior durante toda a partida mas acabou pecando na falta de criatividade do meio campo. Mesmo dominante nas ações ofensivas, o time alvi-verde acabou deixando espaços para os contra-ataques ucranianos que resultaram em dois gols.

Durante o tempo normal, quando conseguia colocar o Shakthar inteiro no seu campo de defesa, o Werder foi surpreendido com um rapido contra-ataque que deixou o atacante brasileiro Luis Adriano livre para marcar.

O zagueiro brasileiro Naldo colocou igualdade no placar logo em seguida em cobrança de falta em que contou com a ajuda do goleiro adversário. O gol animou o Werder que continuou dominando o jogo mas falhando no ultimo passe.

A panorama seguiu durante todo o jogo e a partida foi para a prorrogação onde o castigo do Werder chegou aos 8 minutos em outro gol brasileiro, desta vez anotado por Jadson. O Bremen ainda tentou mas não conseguiu furar o bloqueio do Shakthar que levou para a Ucrania o primeiro titulo continental.

Ao Werder resta a disputa da Copa da Alemanha na despedida da temporada para salvar o ano.

Por falar em despedida, esta será a ultima partida de Diego com a camisa do Werder Bremen. O jogador acertou a sua tr
ansferencia para a Juventus da Italia.

.
Deutschland gewinnen!
Nationalelf gewinnen!
Bayern gewinnen!

Noch mehr.

João Henrique

Anúncios

Detrito elimina Hamburgo

Confira o lance bizarro (bizarro, não Pizarro) que originou o terceiro gol do Werder Bremen, o gol da classificação.

O lance gerou um escanteio. Na cobrança Baumann fez de cabeça o terceiro do Bremen

Observar que o jogo é na casa do Hamburgo, e que o objeto no gramado veio atirado pela torcida.

Custou a vaga…

.

João Henrique

Werder Bremen na final da Uefa

Hamburgo e Werder Bremem disputaram ontem a segunda partida da semi-final da Copa da Uefa. E o time de Bremen mais uma vez mostrou-se um time completamente inexplicavel.

Após perder o jogo de ida em casa, o Werder Bremen partiu para o jogo no Estadio de Hamburgo com a obrigação de vencer o rival que ja havia superado em outra semi-fina, a da Copa da Alemanha.

Não demorou muito e Olic (que eu não vejo a hora de ve-lo com a camisa do Bayern) colocou os donos da casa em vantagem, complicando ainda mais a situação do time de Bremen. Entretanto Diego igualou as coisas e o Werder foi para o intervalo com o empate e precisando de um gol.

No segundo tempo a necessidade de um gol levou o Werder ao ataque. E o time fez mais do que se esperava. Primeiro foi Pizarro num chute de longa distancia. Em seguida Baumann aumentou a vantagem dos visitantes para 3×1 aos 38 do segundo tempo. Olic ainda descontou a vantagem mas não foi o suficiente para a classificação.

Com a vitória o Werder se qualifica para a sua segunda final e consolida a oportunidade de apagar o fraco desempenho na Bundesliga. Se conquistar a Copa da Uefa ou a Copa da Alemanha, o Werder consegue vaga na competição continental da próxima temporada.

A lamentar para o Bremen apenas o fato de que o cartão tomado por Diego em confusão com Alex Silva tirou o camisa 10 da decisão contra o Shakhtar Donetsk. E como são cada vez mais fortes os rumores sobre a ida de Diego à Juventus de Turin, provavelmente, a final da Copa da Alemanha contra o Leverkusen será a ultima com a camisa do Bremen. Uma pena!

.
João Henrique.

Alemanha na final da Copa da Uefa

A tristeza pela queda do Bayern na Champions League ainda é grande mas a vida segue e o futebol na Alemanha também. Se o time bávaro não conseguiu ir além na competição continental, a Alemanha estará representada na final da Copa da Uefa. Isso por que Werder Bremen e Hamburgo conseguiram passar pelas quartas e agora fazem, na fase semi-final, um confronto alemão.

O Hamburgo foi até a Inglaterra para enfrentar o Manchester City. O jogo de ida havia sido 3×1 para o time alemão que entrou em campo com uma confortavel possibilidade de derrota por um gol.

Necessitando de gols, o Manchester City foi pra cima do Hamburgo mas foi surpreendido. Guerreiro mais uma fez um gol decisivo e aumentou a vantagem do vice-lider da Bundesliga. O City ainda conseguiu a virada para 2×1 mas foi insuficiente para levar a partida para a prorrogação.

Diego é o cérebro do Bremen

Diego é o cérebro do Bremen

Mesmo tendo dado poucas chances ao Werder no confronto contra o Milan, eu previ que a possibilidade de conquista poderia motivar o meia brasileiro Diego. Foi o que aconteceu. Diego voltou a estabelecer a sua condição de articulador do time e com isso o bom volume ofensivo do Werder reapareceu.

Foi assim contra a Udinese. Deigo foi decisivo na primeira partida em que o time alemão venceu por 3×1. Ontem, na volta, mais uma vez Diego fez a diferença. Ele fez dois dos três gols do time no empate em 3×3, jogando na Italia. O resultado classificou o Werder Bremen e o direcionou para um confronto caseiro conta o Hamburgo.

.

Se teremos uma semi-final alemã a outra será ucraniana.
Dinamo Kiev e Shakhtar Donetsk superaram o duelo contra os franceses do PSG e do Olympique de Marselha e decidirão na Ucrania o outro finalista da competição.

.
Alguém faz alguma aposta?

.
Deutschland gewinnen!
Nationalelf gewinnen!
Bayern gewinnen!

Noch mehr.

João Henrique.

Enquanto isso na Copa da Uefa….

Diego pode ajudar o time alemão na conquista da UEFA

Diego pode ajudar o time alemão na conquista da UEFA

Enquanto a competição mais importante do continente Europeu continua sensacional, a Uefa corre paralelamente. Se na Champions o domínio é inglês, na UEFA existe um leve equilíbrio. Dos oito times classificados, dois são russos, dois franceses, e dois alemães. Apenas um é inglês, e outro um italiano. França e Russia protagonizam a luta pela hegemonia. Os duelos são: * Shakhtar x Olympique* * Hamburgo x Manchester City* * PSG x Dínamo de Kiev * * Werder Bremen x Udinese *

Posto isso, vamos aos palpites. Robinho anda em má fase, e se quiser provar ao Joao e todos os outros críticos do seu atual momento, que tem condições de retomar o bom futebol que o levou a seleção… bem a chance é agora. O técnico da equipa inglesa Mark Hughes, em entrevista a revista inglesa 442 declarou:
” Essa é a primeira temporada dele em uma das ligas mais fortes do mundo. Ainda não tive tempo de tirar ele do fogo cruzado das críticas por causa das minhas opções não serem muitas. Mas ele nunca bateu na minha porta e disse que está cansado. Ele sempre está disposto ” Portanto o apoi do treinador pode ser fundamental para o City, que na minha opnião deve avançar na competição. Pelo lado alemão, o técnico Martin Jol tem vários desfalques e dúvidas. Bastian Reinhardt, Thimothee Atouba, Romeo Castelen e Maxim Choupo-Moting, Guy Demel e o ex-são-paulino Alex Silva, todos lesionados, estão fora da partida. Paolo Guerrero e Benjamin tem chances de entrar em campo.

Mal no campeonato alemão, e praticamente sem muitas chances de classificação para as competições européias da proxima temporada, o Werder apostas todas suas fichas na Copa da Uefa. E a estratégia pode dar certo. Afinal, o Werder tem jogado bem na Copa e para mim é o favorito ao título. A Udinese vem de derrota para a líder Inter, e está em 14º no “Calccio”. Favoritismo alemão.

Após desclassificar equipes relativamente fortes, como Tottenham e CSKA, o agregado ucranianoconfirmou a boa fase na copa. Venceu hoje a equipa francesa por 2 a 0, com gols de Hübschmane e Jadson. Se a tabela permitir claro, acredito que deverá realizar o confronto derradeiro contra o Werder Bremen.

E por ultimo, PSG e Dínamo de Kiev duelam pela outra vaga na semi-final. Ligeira vantagem para o time russo que faz o segundo jogo em casa. De resto são dois times parelhos, e fracos. Não devem ir muito mais longe do que na semi.

Que comecem os jogos!

Iuri “Emanuel” Iacona

Hamburgo também segue na Uefa

Como eu havia previsto após os jogos de ida, os dois representantes da Alemanha vão seguir adiante na Copa da Uefa.

Depois do Werder Bremen, ontem foi a vez do Hamburgo conquistar a vaga na fase de quartas de final com uma virada impressionante sobre o Galatasaray.

Jogando na Turquia, o Hamburgo entrou em campo com a necessidade de marcar gols, uma vez que o empate em 1×1 na Alemanha dava ao time turco a vantagem do placar inicial.

O jogo permaneceu equilibrado durante boa parte da primeira etapa. Contudo, nos minutos finais do Galatasaray foi ao ataque mais insistentemente. Assim conseguiu marcar o seu primeiro gol com o australiano Kewell. A intensidade do time turco se manteve no segundo tempo e logo no inicio o atacante Baros ampliou o marcador.

A desvantagem de 2×0 era grande para o Hamburgo que viu a eliminação de perto. Entretanto, Guerrero em três minutos recolocou o Hamburgo na competição com dois gols.

O Empate era então vantajoso ao Hamburgo que aproveitou a posse de bola para fazer o tempo passar. Deseperado, o Galatasaray foi todo ao ataque se expondo demais. Assim saiu o terceiro gol da virada heroica do hamburgo. O croata Olic (jogador do Bayern) foi o autor do gol que sacramentou a vaga.

Daqui a pouco tem o sorteio da UCL. Vamos conhecer o adversário do Bayern de Munique nas quartas de final! Venha quem vier!

.Deutschland gewinnen!
Nationalelf gewinnen!
Bayern gewinnen!

Noch mehr.

João Henrique.

(post numero 200 do blog!)

Werder avança na Uefa

Eu, aqui no blog, apostei que tanto Werder Bremen quanto Hamburgo avançariam à fase de quartas de final da Copa da Uefa.
Mesmo após resultados que não proporcionaram conforto para o jogo de volta (Werder venceu o Saint-Etienne por 1×0 enquanto o Hamburgo empatou com o Galatasaray em 1×1) eu continuei acreditando na força do futebol alemão.

Pois o Werder Bremen se encarregou de cumprir a primeira parte da minha aposta.

Finalmente vivendo um bom momento na temporada, o time de Bremen foi até a França para enfrentar um time em um momento conturbado. O Saint-Etienne ocupa a zona de rebaixamento na Liga Francesa e imaginava fazer da Copa da Uefa a salvação da temporada além de injetar animo para uma possivel reação no campeonato nacional.

As declarações motivadoras do técnico francês Alain Perrin surtiram efeito contrario logo no inicio do jogo. Foi o Werder Bremen que foi ao ataque no inicio de jogo e marcou seu gol logo aos 6 com Prodl de cabeça.

Se o resultado conquistado na Alemanha não deixou o time comandado pelo técnico Thomas Schaaf em situação comoda, o gol marcado logo no começo da partida na França praticamente deu a vaga ao Bremen.

Comandado em campo por Diego, o Werder Bremen apenas controlou o jogo. Pizarro fez o segundo gol ainda no primeiro tempo obrigando o Saint-Etienne a marcar quatro vezes.

No desespero, o time francês ainda conseguiu o empate mas esteve longe de ameaçar a vaga do time alemão que agora espera pelas quartas.

Hojé é a vez do Hamburgo.

.

Deutschland gewinnen!
Nationalelf gewinnen!
Bayern gewinnen!

Noch mehr.

João Henrique.